quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

UM TEMPLO DA TATUAGEM EM HONG KONG

Tattoo-Temple21
O espaço idealizado pela tatuadora chinesa Joey Pang é bem mais que um estúdio de tatuagem, sendo considerado o maior estúdio, galeria e centro educativo da Ásia! O ambiente é sereno, mas sofisticado, dispondo inclusive de uma pequena biblioteca para que pesquisadores possam estudar a respeito da tatuagem e da arte da escrita chinesa. Além das bancas onde são feitos os trabalhos, separadas do salão principal por um lindo biombo ornamentado, o local conta com três “salas VIP”, para as tatuagens mais “íntimas”, até para as pessoas que preferem tranquilidade durante o processo. O Tattoo Temple foi estabelecido em 2006, sendo procurado até por executivos de alto padrão, oferecendo desenhos feitos especialmente para o cliente, de uso único – são descartados ao fim da tatuagem.
A proprietária, Joey Pang, havia estudado maquiagem e body painting devido ao seu amor pela arte e pelo desenho. Nascida numa pequena cidade da China, mudou-se para uma área rural de Hong Kong com a família aos 3 anos de idade e diz que sempre desenhou, mesmo sem ter acesso a livros de arte e referências. Escolheu a maquiagem por ser um trabalho que a permitiria usar as cores. Saiu de casa para estudar design, começando pelo gráfico, passando ao desenho de moda e, por fim, ao desenho de interiores. Quando se mudou para a Nova Zelândia para estudar inglês, ficou fascinada e se sentiu inspirada pela cultura positiva dos maori em relação à arte no corpo, o que fez com que decidisse aprender a tatuar, em 2004. Mudando-se, depois, para a Tailândia, aprendeu a tatuar num estúdio em Hua Hin, onde trabalhou por um tempo. Ao longo de dois anos, viajou também para a China, França, Alemanha, Suíça, Inglaterra e Estados Unidos, procurando conhecer e estudar ainda mais a tatuagem e a body art.
Não é preciso dizer que sua intensa dedicação foi uma das chaves para o sucesso! Abrindo o estúdio em 2006, Pang sempre esteve motivada em mudar o pensamento negativo em torno da tatuagem e das pessoas tatuadas. Mesmo sendo uma área administrativa à parte da China, Hong Kong também carrega uma tradição de ver a tatuagem com maus olhos, uma vez que ela costumava ser usada em prisões chinesas como forma de punição e, posteriormente, só eram vistas em gangsteres, criminosos e marinheiros vindos do exterior.
Tattoo-Temple04
Apesar de muito procurada por pessoas de Hong Kong, Joey Pang recebe grande parte de seus clientes do exterior, que viajam apenas para fazer a tatuagem! A lista de espera da tatuadora é de, em média, 2 anos, e o preço é de 1.600 dólares a hora. Segundo Pang, quem deseja fazer uma tatuagem entra primeiro em contato com uma equipe responsável pelo agendamento e por pegar os dados do futuro cliente. Ela apenas entra em contato com a pessoa algumas semanas antes da data marcada para, então, desenvolver o desenho – como 2 anos é um tempo considerável, é comum que as pessoas mudem de ideia várias vezes, então não adianta começar a desenvolver a imagem muito tempo antes de tatuar. Pang também revela que escolhe quem vai tatuar por sua seriedade e paciência, e que prefere reservar um dia ou uma tarde inteira para um único cliente, pois muitos viajam apenas para se tatuar e, como ela, certamente estão ansiosos para ver o resultado final! Vendo alguns dos trabalhos, é interessante notar que várias pessoas pedem que a imagem seja “assinada” com o logotipo do Tattoo Temple (e, convenhamos, não é pra menos!).
Essa artista é a única treinada na complexa arte da caligrafia chinesa que também é tatuadora, o que fez dela uma pioneira na adaptação da escrita mandarim para a tatuagem. Ainda assim, ela conta que, quando um cliente pede um escrito, ela desenha os ideogramas em torno de cem vezes, para fazê-lo de maneira adequada, uma vez que cada caractere é desenhado de forma diferente, de acordo com o período da história chinesa na qual foi implementado. Seu gosto pela caligrafia vem de sua mãe, que amava a arte e a fez estudar desde muito nova. Depois de passar por diversos professores, Pang ainda frequenta aulas algumas vezes por semana, pois, segundo ela, essa é uma arte que nunca se pode dominar. Em seu templo, ela também ministra cursos de caligrafia e sobre a história da caligrafia oriental.
Pang tem, ainda, outras especialidades dentro das artes asiáticas, incluindo o estilo tradicional japonês, mitologia chinesa, arte moderna chinesa (como desenhos abstratos ou cenas da natureza), arte Thangka (trazida do Tibet e implantada em Nepal) e outras mitologias asiáticas (hindu, representações arquetípicas, deidades chinesas, entre outros). E devido a sua formação anterior no design, junto com seu espírito claramente empreendedor, Pang também colaborou com empresas de produtos para decoração como a Indigo Living, lançando móveis e porcelanas desenhadas por ela!
Tattoo-Temple08Tattoo-Temple09
No Tattoo Temple trabalham, junto com a proprietária, dois outros tatuadores, além de eventuais convidados – no naipe, por exemplo, de Paul Booth. Wang, especializado em realismo, estudou design gráfico, animação por computação, pintura e ilustração. Jamie Kam, já tendo trabalhado com vários tatuadores e com preferência por estilos com traços grossos, estudou também design gráfico e, antes de tatuar, trabalhou com educação. Ambos foram treinados por Pang e acabaram contratados pelo templo.
Tattoo-Temple03
Jamie Kam
Tattoo-Temple13-Jamie
Trabalho por Jamie
Tattoo-Temple12-Jamie
Trabalho por Jamie
Tattoo-Temple05
Wang
Tattoo-Temple10-Wang
Trabalho por Wang
Tattoo-Temple11-Wang
Trabalho por Wang

Tattoo-Temple02
Joey Pang. Abaixo, seus trabalhos:
Tattoo-Temple14-Joey
Tattoo-Temple17-Joey
Tattoo-Temple19-Joey
Tattoo-Temple20-Joey

Tattoo-Temple26-Joey
Tattoo-Temple25
Fontes: Tattoo Temple Official Website | Facebook – Tattoo Temple | Tattoo Temple’s Blog