segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

THIAGO MONTANARI

Thiago Montanari
Thiago Montanari é um tatuador da “nova escola” de Santo André, cidade do grande ABC do estado de São Paulo, com 4 anos de experiência e atualmente tatuando o Polaco Tattoo.
Nascido em 1984, sempre foi um apaixonado por tatuagem, skate e grafite, principalmente pela a época da juventude, curtindo o final dos anos 80 e o começo dos anos 90. Thiago é uma daquelas pessoas que você pode conversar sobre a tatuagem, independente do nível de conhecimento, que ele terá o maior prazer em responder e se não souber, irá pesquisar, sempre tendo um ótimo atendimento.Acompanhe a seguir, uma entrevista exclusiva que conseguimos fazer com ele, perguntando sobre o início da carreira e o gosto pela tatuagem.
Tattoo Tatuagem: Quando surgiu o interesse pela ilustração?
Thiago Montanari: Sempre gostei de desenhar, minha mãe é professora e sempre me incentivou. Estudava na mesma escola que ela dava aula, só que eu estudava de tarde e ela dava aula nos dois períodos, então ia pra escola de manhã com e ela e ficava desenhando durante a aula dela.
Tattoo Tatuagem: A tatuagem foi consequência deste interesse ou você sempre teve intenção em ser tatuador?
Thiago Montanari: Na verdade nunca pensei em ser tatuador, mas lembro de gostar de tattoo desde sempre. Quando era muleque colova umas tatuagens que vendiam na banca de jornal no corpo inteiro e ia pra escola. Lembro também que um grande amigo do meu avô tinha uma cruz no antebraço, e toda vez que eu via ele perguntava alguma coisa, de como tinha sido feito, se doía, se sangrava e tals. Mas o interesse em tatuar mesmo veio junto com a minha primeira tatuagem que durante o processo acabei me apaixonando pela arte.
Thiago Montanari
Tattoo Tatuagem: Você pode nos contar o início da sua carreira? Houve alguma ajuda (alguma pessoa), alguma dificuldade?
Thiago Montanari: Depois da primeira tattoo, todo desenho que eu via eu imaginava tatuado em mim, e pouco tempo depois acabei procurando o mesmo profissional pra fazer minha segunda, depois a terceira e assim acabamos virando amigos. Na época eu trabalhava de caixa em um restaurante, fazia faculdade e na grande verdade eu estava meio perdido.
Larguei a faculdade e fiquei um ano parado, nesse ano produzi muitos desenhos e pinturas. Acabei começando mais uma faculdade, mas na real, eu queria trabalhar com arte, queria evoluir os meus conceitos e queria viver das minhas ideias e das coisas que eu produzia. Depois de um tempo não teve jeito, larguei a facul de novo e dessa vez tinha uma grana guardada, procurei o Fábio Renato, que foi o artista que fez minhas tattoos e pedi ajuda. Ele me direcionou, me mostrou os materiais que precisava comprar, me mostrou referencias e etc. Sou eternamente grato a ele, pois me ensinou tudo o que eu sei, muito das minhas conquistas profissionais e pessoais devo a ele.
Thiago Montanari
Nos primeiros dois anos, tatuei em casa, não conto esse periodo, porque não tatuava muito, fazia um trabalho a cada 3 meses e foi bem dificil me manter. Pouco tempo depois, acabei conhecendo o Danilo da Klash e ele agilizou para começar a tatuar na loja, trabalhei por um ano só de sábado, sendo um período bem legal em que fiz bastante amigos e aprendi muita coisa.
Três anos depois de ter começado, tive a oportunidade de começar trabalhar no Polaco Tattoo, um dos estudios mais tradicionais de São Paulo. Atualmente estou aprendendo muito, pois o Polaco faz parte da história da tatuagem no Brasil e tem muito conhecimento, principalmente sobre pigmentos e máquinas de tatuagem. Sempre gostei desse lado mais técnico, acho muito importante entender sobre regulagem de máquina, afinal, cada um trabalha de um jeito, e ninguém melhor que você mesmo para ajustar o seu material de trabalho.
Tattoo Tatuagem: Hoje, você se considera especialista em algum estilo de tatuagem? Como você define este estilo?
Thiago Montanari: Não me considero especialista em nenhum estilo, mas gosto muito do Neo-Traditional, por isso é o estilo que mais me dedico a estudar e tentar entender. Gosto de tatuagem que parece tatuagem, por isso acabei seguindo essa linha de trabalho. Tento fazer uns desenhos com traço bem marcado, sombras escuras e cores vibrantes, gosto desse contraste. Sempre tive interesse em simbologia, astrologia e história, procuro sempre encorporar esses temas nos meus desenhos.
Acho que essa é a parte que mais gosto, conseguir criar um estilo próprio de trabalho, algo que todos consigam associar a você, algo que represente suas convicções e seus pensamentos. No final, o estilo vai escolher você, porque se você tem essa necessidade de criar, inevitavelmente você irá criar algo que te defina. Sigo essa linha de trabalho porque nela consigo expressar as coisas que gosto, nesse estilo consigo expressar minhas idéias e meu jeito de ver o mundo.
Thiago Montanari
Tattoo Tatuagem: Você pode explicar a diferença entre “Neo-Tradicional” e “Tradicional“?
Thiago Montanari: Para mim a diferença mais marcante é a palheta de cores. É um estilo que mantém os traços e sombras sólidas do Tradicional, mas utiliza uma palheta de cores maior, cores mais contrastantes, iluminação e utiliza uma abordagem mais cartunesca dos desenhos tradicionais.
Tattoo Tatuagem: Como você realiza a criação das tatuagens para os clientes?
Thiago Montanari: Gosto de conversar bastante com o cliente, não só sobre a tattoo que ele quer fazer, mas sobre algumas coisas que ele gosta, o que ele faz, seu signo, pra de alguma forma, eu consiga criar um desenho que encorpore todos esses elementos. Gosto quando o cliente me dá liberdade para criar, tudo fica mais fácil desse jeito, e na maioria das vezes tenho essa liberdade.
Tattoo Tatuagem: Para finalizar a entrevista, Thiago, você tem alguma inspiração no seu dia-a-dia para as tatuagens?
Thiago Montanari: Me inspiro com todos os artistas que eu admiro, com documentários sobre simbologia e história da humanidade. Tento conversar sempre com a galera que trabalha comigo, entender suas histórias e ouvir o que eles acham do meu trabalho e como podem me ajudar a melhorar. Acho que a unica maneira de continuar evoluindo é estar aberto a novas ideias.
Gostaria de agradecer pelo convite, bem legal ter esse espaço pra galera conhecer um pouco mais sobre tattoo.

Thiago MontanariThiago MontanariThiago Montanari
Thiago MontanariThiago Montanari
Siga o artista no Facebook e no Instagram