quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

TATUAGEM PAR OU ÍMPAR DÁ AZAR?

Tatuagem par ou ímpar da azar?
Essa é uma das lendas mais famosas do universo da tatuagem.  Quase todo mundo já ouviu e muita gente já fez uma tatuagem a mais para “não ter azar”. Mas será que o número de tatuagens no seu corpo influencia a sua sorte ou no azar?
Há algumas versões sobre como teria surgido esse mito. Há quem diga que teria a ver com as pinturas que os indígenas faziam para as guerras; outros, que teria relação com a história clássica do 666.  O número da besta traz mau agouro pelo fato de o número 6 estar repetido 3 vezes, então foi associado que a tatuagem em número ímpar dá azar. Mas também há o fato de que o número 666 é um número par, o que quebraria essa teoria.
Porém, a história mais aceita, que vem dos primórdios da tatuagem artística, foi criada pelos marinheiros, na época das tatuagens tradicionais. Eles contavam que, certa vez, um navio pirata naufragou e todos os tripulantes que tinham tatuagem número ímpar morreram. Como notícia ruim espalha rápido e marinheiros viajam muito, logo, essa história foi sendo disseminada pelo mundo. Logo em seguida, criaram uma história com a variação que ter tatuagem par é que dava azar e que os tripulantes morreram.
De acordo com o site Tatuagem, os tatuadores de Nova Orleans, devido a baixa procura por novas tatuagens, inventaram uma lenda que, por ser bem parecida com a contada acima, pode ser a explicação do mito. A lenda dizia que um navio afundou e somente quem tinha tatuagens número par sobreviveu, fazendo com que as pessoas com tatuagem ímpar fizessem mais uma tatuagem. E a estratégia deu tão certo que, depois de algum tempo, começaram os rumores de que quem teria morrido seriam os piratas com tatuagem número par, reiniciando o ciclo.
Então, fique tranquilo na hora de fazer sua tatuagem e sempre desconfie do que “o povo conta”, às vezes tudo não passa de mitos criados. E lembre-se: não importa o número, e sim o que a tatuagem representa para você!