quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

DIGITAL TATTOO INTERFACE, UM CELULAR NA FORMA DE TATUAGEM

Digital Tattoo Interface, um celular na forma de tatuagem
Se analisarmos o mundo em que vivemos, perceberemos que é impressionante a forma como cada vez mais a interação entre a tecnologia e o corpo humano tem crescido; com um simples toque conseguimos falar com alguém do outro lado do mundo. Agora imagine essa tecnologia implantada sob sua pele.
Desenvolvida por Jim Mielke, a Digital Tattoo Interface surge como uma solução para questões de energia, saúde e toxicidade, novos materiais, durabilidade de produtos e desenvolvimento social, ganhando destaque no Greener Gadgets Competition (uma competição tecnológia realizada pela Core77) na edição de fevereiro de 2008.
O celular funciona com energia conseguida através do sangue e aproveita para detectar possíveis problemas sanguíneos do usuário. Basicamente, o dispositivo é uma tela tatuada na pele com esferas eletrônicas, que se comunica com outros aparelhos através da tecnologia Bluetooth. O aparelho é discreto e transparente, tornando-se visível apenas quando a tela é pressionada.
Além disso, é possível mudar sua interface fazendo downloads de novos displays e conforme a utilidade que ele ativa. Por exemplo, quando recebe uma ligação, a tela surge e, ao atender, ela emite uma vídeo chamada; ao desligar, a tela desaparece. No site oficial da Core77, você pode ver fotos que explicam melhor o aparelho. Veja essas explicações traduzidas:
Digital Tattoo Interface, um celular na forma de tatuagem
Digital Tattoo Interface, um celular na forma de tatuagem
Fontes: Terra | Core77