quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Riscos de uma tatuagem

riscos-da-tatuagem.jpgBEATRIZ HELENA/BOLSA DE MULHER
Somos todos amantes das tatuagens, mas é impossível negar que elas oferecem riscos para a saúde. Contudo, esses problemas podem ser facilmente evitados e, para isso, é preciso conhecê-los. Se você ainda não está por dentro, te ajudamos mostrando os principais riscos de uma tatuagem.
A hepatite B e a hepatite C estão entre as doenças mais comuns transmitidas nos estúdios de tatuagem. O vírus HIV também pode contaminar o cliente caso não haja esterilização e descarte correto dos materiais.
Também há outros problemas com tatuagens, como doenças infecciosas causadas por bactérias ou fungos, doenças de pele ou dermatites, alergias das pigmentações (já que elas são produtos químicos e podem desencadear um processo alérgico), e a queloide (que é uma aceleração da cicatrização que forma nódulos na pele).
Para evitar a maioria destes problemas, antes de fazer uma tatuagem, confira se o studio de tattoo descarta agulhas, luvas e máscaras, esteriliza equipamentos e não reutiliza tintas. Testes também podem ser realizados para detectar algum tipo de reação alérgica, se informe com o tatuador.
Caso você já tenha uma tatuagem e não sabe se está contaminado, o indicado é realizar exames de sangue para certificar-se de que não há nenhum problema. Estes exames podem ser realizados em unidades básicas de saúde e são gratuitos.