quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Tintas coloridas para tatuagens podem provocar câncer. Veja quais cuidados tomar

No Brasil, apenas três marcas têm a autorização da Anvisa para comercializar os produtos

Começou a valer neste mês, na França, a proibição à maior parte das tintas coloridas para tatuagens. Por lá, os desenhos ficaram limitados às cores preta e a um tom de verde e azul. Segundo o governo francês, a justificativa é que os produtos têm componentes que causam infecções, alergias e até câncer de pele.
 No Brasil, não há restrições para tatuagens coloridas, mas apenas três marcas têm a autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para comercializar as tintas.

 A atriz Mel Lisboa, que tem cinco tatuagens coloridas, disse nunca ter ouvido falar sobre os riscos.

 — Eu faço tatuagens há muitos anos. Como nunca me aconteceu nada, nunca soube de nada...
Claro que procuro profissionais competentes, estúdios bons, acredito que eu não corra nenhum risco. 

A Anvisa orienta as pessoas que quiserem fazer tatuagens a tomar cuidado com o local onde vão fazer o procedimento e não apenas com o tipo de produto utilizado. Segundo o órgão, é preciso verificar se o lugar é regularizado e se o profissional tem capacitação. Assista ao vídeo: